14 setembro, 2014

Resenha O Herói Perdido

   Terminei de ler O Herói Perdido no inicio desse mês e, caraca, quase não termino.  Demorei uns 20 dias para lê-lo, não tinha vontade de pegar o livro, de saber como ia acabar a história.
   Temos um herói perdido (Percy) e Annabeth está tentado de tudo para encontrá-lo, ao mesmo tempo em que acaba esbarrando em Jason e seus amigos. Desde o inicio fica obvio algumas coisas, ao passo em que eu já sabia que rumo à história iria tomar, os personagens ficam lá, com aquela lentidão, quase como se não quisesse pensar, isso me irritou, MUITO! Achei as aventuras repetitivas e desmotivante, não me convenceu, não consegui me afeiçoar aos personagens, e senti que tava caindo na mesmice.
   Odiei a escrita do Rick em terceira pessoa, senti a leitura muito impessoal; não consegui entrar na história. Amei a primeira saga, de paixão, mas essa segundo... ainda mais por não ter o Percy e os outros personagens que conhecemos tão bem. Não gosto de capítulos narrados por personagens diferentes, pouquíssimos autores conseguem dar voz a cada personagem, julgo que é mais fácil quando é na visão de um único. É para mim Rick peca nesse quesito (muito melhor na visão de Percy).



   Bom, meus amigos que leram me falaram que o segundo – O Filho de Netuno – é bem melhor. Não sei se vou dar uma chance para Os Heróis do Olímpio novamente, espero que sim, mas acho que isso vai demorar. Enfim, leiam e tire suas próprias conclusões.
p.s Até o próximo domingo. u.u

2 comentários:

  1. Também prefiro a escrita do Rick em primeira pessoa, e principalmente nesse livro ele pecou, mas pra mim a historia nos motiva melhor nas continuações. Espero que dê uma chance a eles.
    Beijo

    os-jovens-leitores.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que vai demorar um pouco até eu criar coragem de ler os outros. Bjs

      Excluir