05 julho, 2014

Tag cinco romances de fim de tarde

   Acabei de pensar nessa tag, não sei se outra pessoa já fez, qualquer coisa me avisem nos comentários.

   Bom, não sei ao resto da humanidade, mas, entre uma leitura densa e outra eu gosto de ler romances fofos, por puro entretenimento; aqueles que me façam suspirar. A maioria deles são previsíveis, mesmo assim não perdem o encanto. Vou fazer uma lista onde vou colocar os que já li e os que quero ler. Ok? Vamos lá!

Lola e o Garoto da Casa ao Lado
Queria lê-lo há mais de um ano até que o consegui em uma troca no Skoob. No inicio não gostei, mas acho que aconteceu isso devido a minha depressão-pós-O Hobbit (não gostei desse livro!). É um romance diferente, em que a mocinha não é virgem e tem uma personalidade um tanto quanto peculiar, gosto dessa atitude dela! E é impossível não delirar com o Cricket Bell. Amei muito a leitura, senti a todo momento meu estomago revirar em sinal de animação.


Eleanor e Park
Atualmente estou lendo Eleanor e Park e estou completamente apaixonada. Também é um romance que foge o estereótipo: Eleanor e gorda e Park é coreano. Eleanor não é aquele tipo de personagem principal que quer um príncipe encantado, ela não é meiga muito menos fofa, na minha visão ela é forte. Um romance que você sente a química do casal sem precisar de diálogos entre eles -o que acontece nas 60 primeiras páginas, ou mais. Claro que não é só romance, muitas outras coisas são acrescentadas a história, como o bullying, etc. É um livro ótimo! Tenho que me auto-censurar para não lê-lo, pois comprei e estou esperando chegar.

Princesa Adormecida
É aquele típico romance leve, que você devora em menos de um dia. Eu gostei de Princesa Adormecida, mudaria algumas coisas, como falar mais dos personagens secundários, mas mesmo assim é bom. 





Anna e o Beijo Francês
Nunca li, mas tenho muita vontade. Também é um romance previsível, mas acho que ele tem os seus encantos, a Stephanie Perkins escreve muito bem; na minha próxima compra quero adquiri-lo. 




Lonely Hearts Club
Não é sobre romance, é sobre um pós-romance, mas não deixa de ter romance. É um livro com referência aos Beatles, claramente! Penny Lane terminou seu relacionamento e agora funda um Clube dos Corações Solitários. Eu amei! Tem romance, mas a ênfase da história está nas amizades, em nunca deixá-las por causa de um garoto. Às vezes o príncipe é um sapo e temos que saber seguir em frente.

Gostaram da tag? Já leu algum? Qual acrescentaria?
Xo, Jaque.

Um comentário: